× G&A Comunicação

Insights

Assessoria de imprensa e comunicação corporativa são a mesma coisa?

14/06/2018

Assessoria de imprensa e comunicação corporativa são a mesma coisa?

A resposta é não, mas ao longo dos tempos os termos passaram por novas nomenclaturas até para que os serviços se tornassem mais atualizados e alinhados a novas tendências de mercado. O fundamental é saber se comunicar com diferentes públicos. Rótulos são bons para embalar e não para traduzir a essência do serviço

Quando a G&A começou a sua atuação no mercado há 28 anos, assessoria de imprensa era um serviço que aparecia com destaque em seu portfólio. Com esse nome mesmo: assessoria de imprensa. Hoje, agência ressignificou o rótulo (embora a execute com excelência) por oferecer uma prestação de serviço ainda mais avançada. De lá pra cá, o fato é que a atividade passou por uma repaginação de nomenclatura. Até para passar uma imagem de modernidade, arejamento, oxigenação.

Nessas quase três décadas  surgiram novos nomes para equivocadamente apresentar o mesmo serviço. Exemplos: comunicação corporativa, relação com a mídia, relações públicas, PR (Public Relations), gestão de crise, comunicação institucional, inteligência de comunicação, reputação da marca… Nomes mais descolados, modernos e marqueteiros, que não são sinônimos.

Apesar de todas as atividades listadas significarem serviços distintos, tais funções eram vistas no passado como tarefas de um assessor de imprensa. Sem separar o joio do trigo. Mais recentemente, o espectro ampliou e os desafios passaram a cair no colo do Relações Públicas, ex-patinho feio de faculdades de Comunicação. Tem sentido. Relacionamento é a palavra da moda. De fato, é bem mais abrangente.

Inscreva-se e receba nossa newsletter



Relacionamento com a imprensa

Seja qual for a embalagem, assessoria de imprensa é um trabalho que a G&A faz desde sempre e que contribuiu para que a transformasse em referência de mercado. Preferimos a palavra “relacionamento com a imprensa” porque entendemos que o serviço transcende a munir um cliente de um jornalista/relações públicas a tiracolo para fazer o meio-de-campo com o repórter bicho-papão.

Aliás, na nossa ótica a definição da atividade assessoria de imprensa tem um olhar mais voltado para o cliente do que para o jornalista. Nossa missão com a atividade é, primeiro, assessorar o contratante nesse relacionamento e, segundo, assessorar o repórter. O foco está muito mais em quem quer ser ouvido da maneira justa e dar a sua versão dos fatos do que ter uma atuação submissa a órgãos de imprensa para emplacar uma informação. Independentemente de qual for o lado, o propósito é sempre ser um facilitador na relação.

No site da G&A há uma definição didática para o trabalho. Vale reproduzir: “A imprensa vem mudando radicalmente sua forma de atuar e é preciso entender como funciona esta complexa dinâmica, tão fundamental para a construção e o fortalecimento da reputação das empresas. O relacionamento com jornalistas está entre as nossas grandes competências e trabalhamos no sentido de dar voz e credibilidade aos posicionamentos e iniciativas de empresas e instituições tanto nos momentos de sucesso quanto em períodos de dificuldade e em eventuais crises”.

Comunicação corporativa não é genérico

 Ainda assim, caro leitor, poderia surgir a pergunta: assessoria de imprensa é genérico de comunicação corporativa? Não. Comunicação corporativa é uma atividade que estabelece conexão entre empresas e seus públicos. Não passa, no sentido estrito, apenas pela relação com a imprensa. No entanto, assessoria de imprensa poderia, perfeitamente, estar embaixo do guarda-chuva comunicação corporativa. Faz parte do ofício em âmbito mais macro. Com o uso das redes sociais, que ampliaram o raio de comunicação das corporações com seus usuários nos meios digitais, as organizações também se valem de um assessor de imprensa para ter voz em outras plataformas, amplificando seu posicionamento.

Da mesma forma que assessoria de imprensa não é a mesma coisa que relações públicas, mesmo que o relacionamento com jornalista faça parte da atividade de um RP. O trabalho de um relações públicas, acima de tudo, compreende a gestão de comunicação entre a empresa e seus diferentes públicos. Se você quiser chamar esses tais públicos de stakeholders, gol! É um outro jargão do momento e você estará “In”.

A G&A não quer ficar atrás dos movimentos de mercado e por isso tem se ajustado aos neologismos, mas sempre com a pretensão de ir além de terminologias. Isso não quer dizer que renegue seu DNA. De volta ao seu site, no ícone Manifesto, a agência se posiciona como uma empresa que faz conexão entre empresas e indivíduos. Como essa ponte, muitas vezes, tem a imprensa como alto-falante, nada contra o verbo assessorar. Muito pelo contrário. Assessoria de imprensa é também conosco mesmo. Sem encanações. Como podemos te ajudar?

Confira mais insights

Assessoria de imprensa: O font digital do especialista

Como evitar as abobrinhas das redes sociais e acertar na comunicação?

Como as Fake News impactam em nosso dia a dia?

Como fazer um lançamento secreto decolar na mídia? 

 

 

 

Share on LinkedInShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Carlos Alencar_quadrado
Carlos Alencar

Diretor Executivo